Você está aqui: Página Inicial / Pastoral Escolar / #PraPensar / Nossa própria transformação

Nossa própria transformação

“E não vos conformeis a este mundo, mas transformais-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”. Romanos 12.2

Hoje em dia, muitos pais estão “terceirizando” a educação dos filhos. A maneira de transmitir o amor já não é mais a mesma. Muitos pais compram tudo para os filhos, desde brinquedos, até eletrônicos e muitos não fazem questão de incentivar a leitura, por exemplo.

É comum as pessoas dizerem que “hoje os tempos são diferentes”. Mas, diferentes como? O quê mudou? Muitas coisas mudaram e ficaram complicadas, por exemplo, muitos pais têm deixado os filhos terem muita privacidade com seus eletrônicos e “vida independente” desde pequenos e isso tem levado muitas crianças e adolescentes a participarem de jogos perigosos ou então a conversar com estranhos pela internet.

Dizem que não se deve repreender o filho, porque isso fará com que a criança tenha “trauma”. Mas pode ser que justamente uma repreensão pode salvar a vida dele no futuro, diante de uma situação. Deus diz: “Quem não adverte o filho não o ama. Quem ama o filho castiga-o enquanto é tempo”, Provérbios 13.24. Deus não te dá o direito de “prejudicar” seu filho, mas ele dá a liberdade de repreender, corrigir, porque Ele sabe que a criança vai fazer a diferença, ela é escolhida por Deus.

Quando a Educação Metodista decidiu por este tema: “Reforma: um caminho necessário”, tenho certeza que o intuito é de motivar os pais e alunos a refletirem sobre o assunto, sobre o que significa para cada um fazer uma reforma na família, na escola, juntamente com a ajuda de Deus. A vida foi feita pra que sejamos vencedores. Deus nos deu a vida para viver em abundância em todas as áreas: no intelectual, no espiritual, na saúde, no servir, no ambiente familiar e com os filhos. Qual será a história que você vai contar para você mesmo? Que tipo de vida você tem levado? Será que essa vida é a vida que Deus quer para você? É a vida que você quer para si mesmo?

Muitas famílias foram desfeitas por não conseguirem passar por uma reforma, uma transformação, por não conseguirem equilibrar seu tempo para cada área da vida. A única pessoa responsável pela vida que você tem levado é você mesmo, sendo assim, você a única pessoa capaz de mudar essa situação.

O que você tem criado? Produzido? Quais são as coisas que você tem feito? Elas são boas ou ruins? Quais são as palavras que você tem reproduzido para o seu filho? A vontade de Deus para toda a humanidade é que morramos para o mundo, para a vontade do homem e renasçamos para Deus, façamos a vontade d´Ele e a coloquemos acima de tudo, pois desta maneira alcançaremos a abundância em nossa vida.


Crystal Giulia Ferrari Spironello, a
luna do 1º ano do Ensino Médio do Colégio Piracicabano