Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Programação especial é a palavra de ordem no Mês da Criança

Programação especial é a palavra de ordem no Mês da Criança

Programação especial é a palavra de ordem no Mês da Criança

Com a proposta de proporcionar promover atividades lúdicas e afastadas do típico consumismo da data comercial de 12 de outubro, a equipe do Pira preparou atividades especiais para os níveis de educação infantil e ensino fundamental 1, ao longo do mês de outubro.

A programação começou com a atividade dentro da proposta exclusiva para brincar, voltada à educação infantil e 1ºs e 2º anos do fundamental 1 . Dois brinquedos - um escorregador inflável de grande dimensão e uma cama elástica - foram instalados na quadra do colégio e disponibilizados para o entretenimento de oito classes durante os dias 8 e 9 de outubro.

"Nos primeiros anos, a criança aprende brincando. Sem perceber ela está reforçando suas habilidades motoras e coordenação", destaca o professor de educação física e coordenador da atividade, Adilson Zanin.

Nesta vibração de criança, Ebele de Oliveira e Enrico Franco, ambos com sete anos e alunos do 1ºB, declaram: "o gostoso é brincar".

A coordenadora da educação infantil e ensino fundamental 1, Fátima Suzegan Rosa, acrescenta que a pausa para brincadeira atende às necessidades de ser criança.

MUITO MAIS

A coordenadora informa que a programação especial para outubro ainda inclui a apreciação do espetáculo teatral Cadê a Kika, com o grupo Caixa de Histórias, voltado aos estudantes do 1º ao 5º ano. A Festa da Alegria, agendada para o dia 19, também trará a apresentação do livro Cachalote Uma Baleia em Perigo, atividade proposta ao público infantil via Portal Educacional.

Em sala de aula, os alunos estão aprendendo sobre o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) nas disciplinas de ensino religioso e língua portuguesa. Integrando as ações voltadas às crianças, os pais também receberam um texto sobre o consumismo infantil a fim de que os adultos responsáveis reflitam sobre as necessidades de seus filhos.

"Queremos trazer aos pais que a necessidade de estar presente é maior do que dar presentes", diz a coordenadora Fátima.


Texto: Cristiane Bonin
Fotos
: Fábio Mendes
Edição de texto/coordenação: Celiana Perina
Última atualização: 11/10/2013

registrado em: