Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Pré-mirim do Pira é destaque nos Jogos Estudantis 2014

Pré-mirim do Pira é destaque nos Jogos Estudantis 2014

Pré-mirim do Pira é destaque nos Jogos Estudantis 2014
O Colégio Piracicabano conquistou a vice-liderança no ranking para pré-mirim nos Jogos Estudantis 2014. As categorias mirim e juvenil ficaram com o terceiro lugar. No placar geral, o Pira ficou com o bronze, a apenas quatro pontos da escola que levou a prata.

Em sua sexta edição, o campeonato municipal é organizado pela Selam (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras) em parceria com as escolas particulares. As disputas de 2014 começaram em fevereiro e envolveu 15 escolas, que jogaram 13 modalidades, reunindo aproximadamente 8.000 alunos, conforme estimativa da prefeitura.

A partir deste ano, o Pira direcionou o professor de educação física, José Marcos de Castro Junior, para acompanhar os desenvolvimento dos alunos em campeonatos. “Este primeiro ano na coordenação dos campeonatos foi um período de conhecimento e desafios, mas o resultado superou minhas expectativas. Os próximos anos prometem muito em termos de resultados, pois haverá continuidade do trabalho e conhecimento maior sobre os potenciais dos alunos”, diz o professor do Pira.

AFINIDADE

O aluno Bruno de Gondra Lopes, 12, 7ºB, campeão no pré-mirim, na modalidade 50 metros rasos, conta que pratica o atletismo correndo na rua e apostando corridas na escola. “O esporte na minha vida tem um significado muito grande, pois eu gosto muito de praticá-lo”, diz.

A afinidade também é a definição do esporte da aluna Camila Rotta Jayme, 14, 8°A, vice-campeã nos 100 metros rasos e salto em distância, que experimentou o atletismo neste ano a partir da sugestão do professor José Marcos. “Eu não faço aula de atletismo e nunca fiz, mas eu faço ginástica rítmica desde os sete anos. O esporte, seja qual for, é extremamente importante para a saúde e bem-estar. Ajuda a me expressar e também contribui para o crescimento pessoal porque os treinos são exaustivos, há competições, o nervosismo, a adrenalina e mais a escola”, defende Camila.

Texto: Cristiane Bonin
Fotos: Fábio Mendes/Acervo Colégio Piracicabano
Edição/coordenação: Celiana Perina
Última atualização: 18/12/2014
registrado em: