Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Aulas de química 'de mãos dadas' com o conhecimento científico

Aulas de química 'de mãos dadas' com o conhecimento científico

Aulas de química 'de mãos dadas' com o conhecimento científico

O estudo da disciplina de química no Colégio Piracicabano vai além da preparação para o ingresso em uma universidade, cursos técnicos, concursos ou uma vaga no mercado de trabalho. “O vestibular, por exemplo, é uma forma sistematizada de introduzir o aluno na universidade, uma vez que é nessa fase que se decide por uma profissão. No Colégio Piracicabano, o estudante não se torna somente uma pessoa apta à responder perguntas, mas sim um cidadão”, argumenta o professor da disciplina no Piracicabano, Cleiton dos Santos Mattos.

Ele enumera um universo de pontos positivos do estudo da química no Colégio: aulas atreladas ao conhecimento científico; ambientes com salas grandes, ar-condicionado e quantidade de alunos satisfatória; laboratório muito bem equipado para a realização de aulas práticas, com todos os aparatos e acessórios para a execução de experimentos; e área focada para realização de projetos com alunos, proporcionando um modo de introdução da vida científica e acadêmica.

“O peso do conhecimento sobre química não deve ficar restrito ao vestibular. É uma questão de pensar cientificamente o País e o mundo, com seus problemas e soluções multidisciplinares. Afinal de contas, a vida acontece desta forma, misturada, e não segmentada. Portanto, no Piracicabano, a ideia é formar pessoas mais fortes para vencer os desafios, com senso crítico e que, acima de tudo, respeitem o próximo por meio dos valores cristãos”, conta o professor.

CURIOSIDADES com o professor Cleiton

Os conceitos químicos explicam todos os acontecimentos científicos, tanto catastróficos como os que mantêm a vida. Hoje é possível viver sem energia elétrica? Sem combustível para o automóvel?

A química engloba desde os conceitos que mobilizam o País, como a produção de carros, de petróleo, de álcool, de açúcar, de todas as commodities e de todo tipo de energia. Até um simples copo de água não tem nada de simples. O copo é um material vítreo, e o vidro não é sólido (podem ficar espantados), pois se encontra num estado que não pode ser chamado nem de líquido nem de sólido. Ele, o vidro, escorre ao longo de anos e um exemplo disso são as bases de vitrais de igrejas antigas com mais de 500 anos: são mais espessas que os seus topos.

E o que dizer da água? A água compõe cerca de 70% do nosso corpo e da superfície da terra, e nela estão presentes quase todos os elementos da tabela periódica, sendo simplesmente a responsável pela vida. E é nesta linguagem que as aulas de química atuais são diferenciadas.

Texto: Cristiane Bonin
Fotos:
Fábio Mendes
Coordenação:
Celiana Perina
Última atualização: 24/05/2016