Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Piracicabano destaca benefícios do esporte

Piracicabano destaca benefícios do esporte

Piracicabano destaca benefícios do esporte

O Colégio Piracicabano integra o grupo de instituições de ensino particulares participantes dos Jogos Estudantis que ocorrem, praticamente, durante todo o ano letivo e é promovido pela prefeitura. A professora de educação física do ensino fundamental 2, Eliana Murbach Geraldi, ressalta a dimensão da importância dos campeonatos desportivos no desenvolvimento do ser humano.

"Além de incentivar a prática de esportes, aperfeiçoa capacidades de desempenho com a participação nos jogos, promove a socialização entre escolas e os estudantes, favorecendo, ainda, a descoberta de novos talentos esportivos", diz a docente de educação física do Piracicabano. A
aluna do 8ºB, Letícia Moreira Américo, fecha 2013 com uma série de conquistas aos 13 anos de idade. Ela vai deixar de ser pré-mirim e comemora a passagem para a categoria mirim, em 2014.

Segundo lugar no futsal e terceiro no handebol, canoagem e atletismo, Letícia se lembra de 2011, ano da sua primeira participação em jogos, e destaca que, ao passar das edições, a integração entre as escolas cresce e o conhecimento técnico do esporte, melhora.

"Fica cada vez mais legal", garante a aluna, que pensa em se empenhar no futsal. O colega de sala de Letícia, Tomas Trevisan, é um dos que se beneficia com a sensação da competição e diz que aproveita para conhecer outras pessoas e conhecer novos lugares. "Também acabo conhecendo melhor meus novos amigos e aproveito para praticar os esportes", conta Trevisan, que integra as equipes de atletismo, rafting e handebol.

Para 2014, o secretário municipal de Esportes, João Francisco Rodrigues de Godoy, relata que está em planejamento com diretores e professores a inclusão de novas modalidades nos jogos. "Estudamos introduzir modalidades de identificação cultural local e nacional, como danças e coreografias."

O evento já tem a adesão de 17 escolas particulares, abrangendo um público de 8.000 pessoas. "Não são apenas estudantes envolvidos nos jogos, mas professores e família também. O reflexo de toda essa mobilização envolve investimentos das escolas em materiais para a prática das atividades e, no mercado de trabalho, a contratação de mais professores", diz o secretário.

Texto: Cristiane Bonin
Fotos: Fábio Mendes
Coordenação/edição de texto: Celiana Perina
Última atualização: 23/12/2013

registrado em: