Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Piracicabano a um passo das olimpíadas internacionais de astronomia

Piracicabano a um passo das olimpíadas internacionais de astronomia

Piracicabano a um passo das olimpíadas internacionais de astronomia

Juliana Carvalho Fonseca, do 2º ano B, e Danilo Barbosa da Silva Oliveira, 3º ano A, ambos alunos do Colégio Piracicabano, estão na pré-seleção para formar a equipe brasileira de astronomia que irá representar o país na fase internacional da olimpíada sobre o tema. O bom resultado para estudantes e colégio começou com a participação de Juliana e Oliveira na 15ª Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA), promovida no final de novembro pela Sociedade Brasileira de Astronomia.

Com o resultado obtido, os alunos tem a possibilidade de participar do IOAA (International Olympiad on Astronomy and Astrophysics) e da OLAA (Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica) em 2013. Para cumprir esta próxima etapa, os alunos realizam o processo de treinamento à distância e, posteriormente, farão a prova de seleção que formará duas equipes oficiais e reservas. A participação de alunos do Piracicabano na olimpíada ocorre há 13 anos.

"Integrar uma equipe brasileira dá um destaque muito grande para o colégio e para o corpo docente. Mas, muito particularmente, é um destaque para a dedicação, interesse e empenho de nossos alunos, especialmente por astronomia não ser um conteúdo da grade curricular do ensino médio", ponderam os professores Analice Campos Alves Mourão e Marcelo Cássio Liano.

Os dois estudantes surpreenderam-se com o resultado da OBA. "Estava na aula de environment, quando a professora Analice Mourão me contou. Agora, algumas de minhas amigas ficam fazendo brincadeiras, falando que vou para a Nasa", conta ela, também em tom de brincadeira.

Para Oliveira, a oportunidade de estudar astronáutica irá auxiliá-lo em sua formação profissional. "A astronomia com certeza será, pelo menos, um hobby", diz o jovem. Já Juliana ficou influenciada pelo bom resultado e afirma: "ainda não decidi a faculdade que desejo cursar, mas, depois da notícia, estou pensando em fazer alguma coisa relacionada com astronomia e astronáutica".

Segundo conta a professora Analice, os alunos já estão em contato com os representantes da OBA via internet e participaram de um curso à distância com a equipe da olimpíada. "O professor de física também deu umas dicas e irá ajudar na nossa preparação", afirma o estudante.

Legenda foto: Entre os alunos Juliana e Oliveira, a professora Analice Mourão comemora classificação para a próxima fase do OBA.

Texto: Cristiane Bonin
Fotos: Fábio Mendes
Edição de texto: Angela Rodrigues
Última atualização: 29/01/2013

registrado em: