Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Piracicabano é ponto de coleta para campanha social

Piracicabano é ponto de coleta para campanha social

Piracicabano é ponto de coleta para campanha social

O Colégio Piracicabano está engajado desde a Festa da Família, promovida no final do segundo semestre, na campanha de coleta de lacres de latas de alumínio. O material é moeda de troca para cadeiras de rodas, que são doadas às entidades locais prestadoras de assistência a idosos e pessoas com deficiência.

O procedimento para a adesão à campanha foi iniciado com uma palestra no colégio, promovida em junho, ministrada pelo vereador André Gustavo Bandeira, propagador da campanha dos lacres no município. A coordenadora do projeto Ecopira do colégio, a professora Maria Eliete Correa Barbosa, relata que a arrecadação encampada pelo vereador desde 2012 é divulgada por meio do programa televisivo Superação, exibido pelo canal 5 da NET, além do site: superatv.com.br e redes sociais, e, ganhou também o apoio do Piracicabano.

O engajamento é necessário já que para conseguir uma cadeira de rodas é necessário arrecadar o volume de lacres equivalente a 120 garrafas  PETs de dois litros. "Temos uma grande necessidade de ampliar a divulgação de nossa campanha, pois, quanto maior o número de pessoas envolvidas na coleta, maior o resultado e mais rápido conseguiremos atender a enorme demanda existente em Piracicaba", afirmou o vereador.

Até meados de 2013, a campanha em Piracicaba reverteu o material junto à empresa parceira e obteve mais de dez cadeiras de rodas. A professora Eliete informa que o vereador Bandeira apontou, durante a palestra, que a intenção não é a de substituir nenhum trabalho ou serviço oferecido pelo setor público, mas sim, agilizar alguns procedimentos e auxiliar as entidades do nosso município.

No Colégio, a campanha no Colégio tem grande contribuição dos alunos, com destaque aos do 6º ano do ensino fundamental 2, grupo que também se envolveu em uma iniciativa interna para nomear a garrafa coletora dos lacres, alocada no pátio.

Para a professora do Pira todo o envolvimento dos estudantes tem importâncias social e ambiental. "Com a arrecadação dos lacres,também podemos ajudar o meio ambiente, pois diminuímos a quantidade de alumínio necessário para a sua fabricação e podemos ajudar instituições da nossa cidade", aponta ela.

Francine Galvani Delgado, responsável pelo laboratório de ciências do colégio, e Ana Beatris Ramos Matuda, secretária da direção do Piracicabano, foram as mentoras em levar a campanha ao Piracicabano. "O colégio é um grande incentivador de campanhas educativas e de solidariedade. Atualmente, a preocupação é com o descarte dos materiais recicláveis. Quando fiquei sabendo do destino dos lacres de alumínio, pensei em trazer a idéia para cá, pois somos um grupo grande e que, unidos, estamos colaborando com as pessoas que precisam de uma cadeira de rodas e de um meio ambiente mais sustentável", afirma Francine.


Texto: Cristiane Bonin
Fotos: divulgação
Edição de texto: Angela Rodrigues
Última atualização: 12/07/2013

registrado em: