Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Pioneirismo marca a trajetória de 138 anos do Colégio e inovações diferenciam projetos futuros

Pioneirismo marca a trajetória de 138 anos do Colégio e inovações diferenciam projetos futuros

Pioneirismo marca a trajetória de 138 anos do Colégio e inovações diferenciam projetos futuros

Na semana de celebração dos 138 anos do Colégio Piracicabano, vale relembrar as principais conquistas e eventos que marcam a trajetória da escola, fundada em 13 de setembro de 1881, pela missionária norte-americana Martha Watts. Diversas dessas conquistas foram destacadas pela diretora da instituição, profª Joselene Rodrigues Henriques, em entrevista especial (confira abaixo) sobre a data e a história do Colégio.

Nela, Joselene também menciona os principais projetos e desafios para o futuro e fala sobre a semana de comemoração de aniversário. Acompanhe os principais trechos:

Quais são os principais destaques da trajetória de 138 anos do Colégio Piracicabano?
Profª Joselene Henriques - Comemorar mais um ano de vida é sempre motivo de festa. Contar as bênçãos é motivo de gratidão. Compreender as dificuldades e contemplar a superação é manter viva a chama da esperança. Vislumbrar e sonhar com o que há de vir é reafirmar a fé. Ao completar 138 anos não podemos nos esquecer daqueles que estiveram presentes nessa caminhada. E, não foram poucos os funcionários, professores, alunos e familiares que deixaram suas marcas na educação metodista e que ajudaram a escrever essa linda história, reconhecidamente com repercussão nacional e internacional. Não podemos esquecer também que, num movimento dialético, ao mesmo tempo em que as pessoas deixaram suas marcas por aqui, também tiveram suas vidas transformadas pelas experiências vividas no Colégio. Assim, esse espaço-tempo de convivência e aprendizados compartilhados, com certeza constitui a história de cada um que por aqui passou, nos diferentes contextos vividos. Hoje, atravessamos tempos difíceis, é verdade; mas, queremos trazer à memória o que pode nos dar esperança. E, assim, continuar festejando, contando as bênçãos e agradecendo, superando dificuldades, sonhando e reafirmando nossa fé.


Quais são os principais desafios do Colégio?
Profª Joselene - O Colégio Piracicabano nasceu num contexto de grandes desafios. Sendo o primeiro Colégio Metodista no Brasil, fundado e administrado por mulheres metodistas, iniciou suas atividades como pioneiro na educação para meninas. E, ao longo da sua existência foram muitas as situações adversas, considerando as contínuas transformações históricas, sociais e culturais que impactam diretamente o cotidiano escolar. Certamente houve muito aprendizado. Atualmente, aos educadores comprometidos com uma educação de qualidade, um dos desafios é trabalhar o conhecimento na dinâmica da sociedade multimídia, das transformações nos mercados produtivos, da globalização da multiculturalidade, numa sociedade que teve e continua tendo expressivas mudanças comportamentais, provocando alterações nas relações de diversas naturezas, incluindo as que são estabelecidas entre pais e filhos, professor e alunos. Nesse sentido, talvez o maior desafio seja educar na perspectiva humana, valorizando o “nós” e não o “eu”, o coletivo e não o individual, com um projeto que tem sua essência firmada nos valores cristãos. Nossos valores são: a Bíblia como fundamento da fé e da prática da espiritualidade; promoção da solidariedade, cidadania, justiça, paz e consciência crítica, na perspectiva dos valores éticos cristãos metodistas; e, amor a Deus, amor ao próximo e amor à criação.


Resumidamente, pode apontar as principais conquistas ao longo dessa trajetória?
Profª Joselene
- A história do Colégio Piracicabano, por si só, nos permite afirmar que entre as maiores conquistas do seu tempo de existência está o reconhecimento pela qualidade da educação praticada, pois é uma escola que assume o compromisso com o desenvolvimento da autonomia e a compreensão da complexidade do ser inconcluso, na perspectiva da construção de uma sociedade digna, justa, solidária, que busca na equidade, eliminar as discriminações, as marginalizações e todo tipo de preconceito.


Para o futuro, quais são os principais projetos e iniciativas a serem fortalecidos para que o Colégio mantenha os seus diferenciais e a sua proposta de ensino diferenciada?
Profª Joselene - O Colégio Piracicabano, integrante de um grupo de 14 escolas que constituem a Educação Básica Metodista, tem muitos planos para o futuro, com inovações que se encontram alinhadas à missão e à visão da instituição. Para 2020, uma parceria com a International School, além de ampliar a carga horária do ensino na língua inglesa, traz alguns diferenciais para a educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental fortalecendo o programa bilíngue já consolidado em nosso Colégio. A partir do 5º ano do ensino fundamental, a adoção do sistema de ensino pH também foi definida na perspectiva de fortalecer o ensino nos diferentes componentes curriculares, proporcionando às famílias melhor acompanhamento da aprendizagem de seus filhos. Estamos, também, em definição quanto ao oferecimento do programa High School para famílias que desejam que seus filhos obtenham dupla certificação, objetivando ampliar conhecimentos e a possibilidade de estudos no exterior. Além disso, ampliamos a carga horária do ensino médio, incluindo uma disciplina que proporcionará condições de os alunos refletirem sobre seus projetos de vida, para além da educação básica. 


Pode destacar os elementos, valores e diferenciais do Colégio, que ainda hoje são essenciais para a sua presença e história?
Profª Joselene - Entre tantas histórias que ouvimos, temos relatos de pessoas que tiveram suas vidas transformadas pelo fato de algum antepassado seu ter estudado no Colégio Piracicabano; e temos relatos de pessoas que tiveram suas vidas transformadas pela oportunidade de ter trabalhado no Colégio. Essas narrativas, entre outros elementos históricos do Colégio, nos permitem afirmar que a prática pedagógica de uma educação pautada nos valores cristãos, é constituída por elementos que não a resumem num trabalho voltado somente para conhecimentos e habilidades científicas, mas considera a formação crítico-reflexiva, na perspectiva da construção de um conjunto orgânico de valores que contribuam para a formação da cidadania nos indivíduos. Creio ser esse o diferencial que tem sido preservado no Colégio Piracicabano desde a sua fundação. Afinal, educar para um sentido de vida, além dos conteúdos, tem a ver com a forma de ver a vida, o mundo e outras pessoas. E, só nos descobrimos humanos quando reconhecemos a humanidade do outro.

 

CELEBRAÇÃO – Promovida desde a última segunda-feira, dia 9, a semana de celebração dos 138 anos do Colégio Piracicabano teve a exposição de trabalhos “Cuidando da Criação”, desenvolvida pelos alunos e apresentada no Centro Cultural Martha Watts; gincana esportiva dos alunos do ensino fundamental 2 e ensino médio; Gincana Cultural, para as mesmas etapas de ensino e etapa do Projeto Solidariedade.

Além dessas inciativas, será promovida nesse sábado, dia 14, a Festa Cultural. O evento encerra as comemorações de celebração de aniversário e ocorre no setor esportivo do campus Taquaral da Unimep, das 11h às 17h. 

“Nessa festa, que homenageará a região do Sul, teremos apresentações de dança de alunos dos diversos segmentos de ensino, oficina mini-chef e oficina de cinema com a participação dos cursos de gastronomia e de cinema e audiovisual da Unimep. Para que as famílias possam se reunir e aproveitar o dia, teremos barracas que comercializarão bebidas (sem álcool) e quitutes maravilhosos para serem saboreados. Os professores de educação física do ensino fundamental 1 também promovem gincana esportiva entre os estudantes, sem pontuação para as equipes ensino fundamental 2 e ensino médio”, destaca Joselene.

 

 

Texto: Assessoria de Comunicação e Imprensa 
Fotos:
Edson Rossini
Última atualização:
13/09/2019