Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Ler: amplia a visão de mundo e o conhecimento

Ler: amplia a visão de mundo e o conhecimento

Ler: amplia a visão de mundo e o conhecimento

As novas tendências pautam-se pela tecnologia, portanto encontrar leitores apenas de obras impressas pode tornar-sealgo cada vez mais raro. No entanto, seja por via impressa ou por tablet (dispositivo pessoal em formato de prancheta), o importante é manter o hábito da leitura. Para a professora de língua portuguesa Elcy Pecorari a leitura possibilita ampliar a visão de mundo. "Ela é indispensável para pessoas de todas as idades", afirma.

Segundo Elcy, um dos diferenciais do Colégio Piracicabano, é que o incentivo não ocorre somente por meio de obras obrigatórias, recém-lançadas ou em destaque na mídia. "Aqui, ler não é exigência, é incentivo. Os alunos têm vontade de ir à biblioteca e escolhem o que querem ler, apesar de também indicarmos livros", acrescenta.


O QUE ELES PENSAM

Adquirir conhecimento e ampliar o vocabulário são os principais motivos que levam a aluna Flora Maria Rabioglio Cotrim, 12, 7ª A, à prática constante de leitura. Já para Letícia Magri Zatarin, 14, 9º B, ler estimula muito a imaginação. Detalhista, o estudante Guilherme Henrique Gregorin Oliveira, 13, 8ª A, acredita que o hábito é melhor do que assistir aos filmes, já que nos livros há detalhes que não entram na versão para o cinema. Victor Torri Cardoso, 15, 9º B, concorda: "gosto de ler porque nos livros criamos a imagem, algo bem diferente do que se fôssemos assistir ao filme", compara. Assim como para muitos o hábito de ler surge ainda na 
infância e se torna natural, a prática deve partir de cada um. 

"Leitura é fundamental", fala Mariane Natera, 15, 1º B. Para André Felipe Gregorin Oliveira, 15, 2º B, ler leva o leitor para fora da realidade e possibilita novas formas de pensar. Letícia Galdino de Melo, 17, 2º B, lembra que a leitura também é um meio de passar tempo de modo saudável. A possibilidade de viajar pelas páginas de um livro, não diferenciando o mundo real do imaginário, é que  garante a leitura assídua da aluna Ercilia Zilli, 14, 9º B. A sensação é compartilhada pela estudante Júlia Cassa, 12, 7ª A, que afirma viajar com a leitura. Já para Adassa Buschini Prado, 13, 8ª B, o ato de ler é importante porque "além de ser divertido é uma forma de obter conhecimento", destaca. Aluna do 7ª B, Bárbara Tremocoldi Tabai, 12, conta que quando lê, conhece novos mundos e aprende palavras novas; enquanto Maria Clara Cruz Moura, 14, do 8º B, considera que o principal benefício é o conhecimento. 

INDIQUE UM LIVRO...
 
"A Menina que Roubava Livros", de Markus Zusak, indicado por Maria Clara Cruz Moura, 14 anos, 8º B.

"Conversa com Fernando Pessoa", de Carlos Felipe Moisés, indicado por Letícia Magri Zatarin, 14, 9º B. 

"Comédias Para se Ler na Escola", de Luís Fernando Veríssimo, por Adassa Busquini Prado, 13.
> 8ª B; o O Livro Invisível, de Santiago Garcia-Clairac, indicado por Guilherme Henrique Gregorin Oliveira, 13, 8ª A.

"As Crônicas de Nárnia, de C. S. Lewis, indicado por Victor Torre Cardoso, 15, 9º B.
 
" O Rei Artur", de Thomas Malory e O Príncipe e o Mendigo, de Mark Twain, ambos indicados por Elcy Pecorari, professora de língua portuguesa do Colégio Piracicabano. 
Assessoria de Comunicação e Imprensa
Fotos: Fábio Mendes
Última atualização: 28/11/2011

 

 


Edição e texto:

registrado em: