Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Intercâmbio: Piras espalhados pelo mundo

Intercâmbio: Piras espalhados pelo mundo

Intercâmbio: Piras espalhados pelo mundo
Peru e Canadá são os países destino de seis alunos do Colégio Piracicabano nestas férias de julho. Três deles já estão no país vizinho. Outros três partem nesta quarta-feira, dia 4, para o Canadá e aguardam, ansiosamente, o dia da viagem, como é o caso de David Sarro, 15, do 1º B do ensino médio, que vai ao Canadá.

Canadá - Para o Canadá, três alunos viajam no próximo dia 4 e voltam em 1º de agosto. Os estudantes vão conhecer do Centro de Ciência de Ontário ao Canada´s Wonderland, e participar de atividades para treinar o inglês constantemente. E é exatamente por esse motivo que o aluno David vai sair do país pela primeira vez: para falar inglês. "Quero treinar a língua e meus pais me incentivaram a fazer a viagem", conta o jovem. A agente de intercâmbio bilíngue do Piracicabano, Patrícia Jacinto de Farias, destaca que o intercâmbio proporciona aos estudantes serem embaixadores de seu país e de sua comunidade, além da imersão cultural e novos vínculos de amizade. "Eles voltam para casa com uma nova visão de mundo e maior compreensão de si e da sua cultura. Também assumem papéis de liderança devido ao que aprenderam durante a experiência e criam recordações para toda a vida", afirma Patrícia.

Já os alunos do intercâmbio ao Peru partiram em 14 de junho na companhia da agente de intercâmbio, Patrícia. O retorno deles acontece no próximo dia 15 de julho. Entre as atividades proporcionadas ao grupo estão as aulas de espanhol e culinária e visitas como a Caral, a civilização mais antiga do continente americano. Elis Corrêa Callegari, aluna do ensino médio do Piracicabano, está no Peru. A mãe dela, Claudete, conta que tem conversado com a filha. "Tenho informações de a experiência está sendo boa para ela e que o tempo é bem aproveitado. O intercâmbio é uma oportunidade de ampliar a cultura, e a escola e a família do Peru receberam muito bem minha filha", conta a mãe da aluna.

A especialista no assunto intercâmbio destaca que a experiência "tem demonstrado ser de grande valor na formação educativa, cultural e cidadã de adolescentes e jovens de todo o mundo". "Durante um programa de intercâmbio, os estudantes agregam valores como amadurecimento, adaptabilidade, independência, assim como o respeito às diferentes culturas, religiões, políticas, comportamentos e é também valorizado o reconhecimento de sua própria cultura", finaliza Patrícia.

Texto: Cristiane Bonin
Fotos: Fábio Mendes
Edição de texto: Angela Rodrigues
Última atualização: 03/07/2013 
registrado em: