Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Golpe militar é tema de debates promovido por estudantes

Golpe militar é tema de debates promovido por estudantes

Golpe militar é tema de debates promovido por estudantes

Os 50 anos do golpe militar é tema de dois debates que acontecem no Colégio Piracicabano nesta quarta-feira, 4, e quinta-feira, 5, das 19h às 22h, no Salão Nobre. Os eventos contarão com a presença de convidados ilustres e integram uma atividade multidisciplinar. O objetivo dos encontros é o de aprofundar conteúdos abordados pelas disciplinas de história, geografia, filosofia, sociologia e ensino religioso. A entrada é gratuita e aberta a todos os interessados.

Participam da iniciativa os estudantes dos 9ºs anos do ensino fundamental 2 e todas as turmas do ensino médio. Os convidados são pessoas de grande representação na história do município de Piracicaba. Na quarta-feira, participam o prof. e reitor da Unimep, Gustavo J. Dias Alvim (à esquerda na foto); e os jornalistas Cecílio Elias Neto (à direita na foto) e Caio Albuquerque. Na quinta-feira, falam sobre o tema os professores Dorgival Henrique e Ely Eser Barreto César acompanhados da jornalista Beatriz Vicentini.

O pontapé do evento será dado com a exibição do documentário "O Dia que Durou 21 anos", de Camilo Tavares. Os alunos da última série do ensino médio participam apresentando músicas. O formato da atividade é baseado no modelo do programa Altas Horas, da Rede Globo, liderado pelo apresentador Serginho Groisman.

Os convidados terão um tempo até 30 minutos para uma conversa com os alunos, com a mediação do professor do Piracicabano, Taitson dos Santos.

"A proposta do diálogo é levantar fatos, experiências e mostrar para a garotada como nossa cidade viveu a época", informa a coordenadora do evento e professora de geografia do Piracicabano, Maria Eliete Correa Barbosa.

Antes, ao longo do semestre, os alunos trabalharam na elaboração de algumas perguntas, dentre elas: como o regime autoritário se sustentou por meio da educação? Os subtemas, como terrorismo, tortura, democracia, papel da mídia, cultura de massa, instituições religiosas, autoritarismo e Guerra Fria foram discutidos em aula pelos professores.

 

Texto: Cristiane Bonin
Fotos: Divulgação/Bob Calligaris
Edição/coordenação: Celiana Perina
Última atualização: 04/06/2014

registrado em: