Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Ensino fundamental 1 aprende inglês com aulas práticas de ciências, geografi

Ensino fundamental 1 aprende inglês com aulas práticas de ciências, geografi

 Ensino fundamental 1 aprende inglês com aulas práticas de ciências, geografi

As aulas práticas de ciências e geografia integram a estratégia do ensino bilíngue para alunos do 6º ao 9º ano do fundamental do Colégio Piracicabano. Chamada de Environment and Human Development, as matérias são trabalhadas de forma dinâmica por professores bilíngues.
Unindo as disciplinas, todas as habilidades entram em foco. Para facilitar o aprendizado, os alunos são divididos em pequenas turmas, de acordo com seu nível de fluência. O objetivo desse formato de aula multidisciplinar é o de desenvolver as habilidades no idioma inglês de maneira mais aprofundada.
Os conteúdos de ciências e de geografia são abordados em aulas práticas no laboratório multidisciplinar próprio da disciplina de Environment and Human Development. O mesmo nível de ensino também acompanha as aulas de Reading and Writing Strategies (RWS), que apresenta as principais obras da literatura norte-americana e britânica.
Patricia Gabriela Parizotto Setten, professora de língua inglesa moderna e RWS, explica que o trabalho em classe começa pela apresentação da obra literária. “Os alunos têm uma aula sobre o livro a ser lido, o autor, a história da época em que o livro foi escrito”, explica.
Os estudantes também fazem um breve estudo sobre outras obras famosas do mesmo autor para poder concluir uma apresentação digital (em Power Point) e oral. “Cada grupo fica responsável por um título do autor previamente escolhido. O formato desta etapa pede um resumo que, quando apresentado, faça com que os demais colegas de sala conheçam um pouco de cada obra.”
O trabalho em grupo é um facilitador para a compreensão da língua e disciplina. “O intuito é o de que um ajude o outro. Ainda em grupo, os alunos fazem a encenação do enredo do livro por meio de apresentações teatrais e têm a possibilidade de criar um novo capítulo para o mesmo livro”, conta a professora Patricia.
 
registrado em: