Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Dicas de esporte e alimentação para crianças de todas as idades

Dicas de esporte e alimentação para crianças de todas as idades

 Dicas de esporte e alimentação para crianças de todas as idades
Alimentação e exercícios físicos são elementos chaves para uma vida saudável, e os bons hábitos devem começar na infância. Obesidade e estresse estão entre alguns males a serem evitados com simples hábitos diários.

A nutricionista Adriane Foganholo, do Nutricentro da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), recomenda que a questão alimentar deve ser levada em conta desde o primeiro ano de vida, oferecendo o aleitamento materno. Depois dos seis meses de idade é necessário introduzir alimentos de forma lenta e gradual como cereais (arroz e milho), tubérculos (batatas), raízes (mandioca), carnes, frutas e legumes três vezes ao dia, se a criança receber leite materno, e cinco vezes ao dia se estiver desmamando. Após o desmame ou quando a criança completar dois anos é importante oferecer alimentos de diferentes grupos, distribuindo-os em pelo menos três refeições e dois lanches por dia. "Ofereça feijão com arroz todos os dias, ou no mínimo cinco vezes por semana. Diariamente, dê ao seu filho leite e derivados, como queijo e iogurte, nos lanches, e carnes, aves, peixes ou ovos na refeição principal", recomenda a especialista.

A nutricionista destaca que é bom deixar de lado alimentos gordurosos e frituras, assim como refrigerantes e sucos industrializados, balas, bombons, biscoitos doces e recheados, salgadinhos e outras guloseimas. "O consumo de doces deve ser oferecido com moderação e não deve ser uma prática diária. Ofereça eventualmente e em pequena quantidade", indica Adriane, que lembra também a importância de reduzir a quantidade de sal.

Esportes - A natação é um bom início de prática de exercícios físicos já nos primeiros anos. Futebol, canoagem, capoeira, judô e karatê são indicados para os jovens, sendo as lutas também indicadas para as meninas, assim como a ginástica rítmica. De acordo com o professor de educação física, Adilson Zanin, o esporte é fundamentalmente importante na sociabilização e no estabelecimento de limites. Zanin recomenda que as atividades físicas sejam praticadas três vezes na semana por um período de 50 minutos a uma hora. "O esporte combate o estresse do dia a dia, traz benefícios à saúde, principalmente no caso daqueles que não tem mais a rua ou quintal para brincar. Outro fato importante é o combate à obesidade infantil, um grande problema detectado atualmente pelos médicos pediatras", destaca o especialista.

Texto: Cristiane Bonin
Fotos: Fábio Mendes
Edição de texto: Angela Rodrigues
Última atualização: 18/01/2013
registrado em: