Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Desenvolvimento & computador: um alerta aos pais

Desenvolvimento & computador: um alerta aos pais

Desenvolvimento & computador: um alerta aos pais
Férias combinam com lazer. Mas não devem combinar exclusivamente com computador. Dosar o tempo de uso do equipamento, investigar os temas dos games que seus filhos jogam, mas, principalmente, propor outras atividades é fundamental para o desenvolvimento dos filhos. Para além dos recursos mais modernos, como o 3D e a vasta gama de jogos on-line - leia-se, sem custos -, as 24 horas do dia devem ter foco na construção do conhecimento.

Sobre os jogos eletrônicos de tiro em primeira pessoa, vale aos pais o alerta do professor de informática e assessor de tecnologias do Colégio Piracicabano, Luis Antonio Gimenes Albino: "Que pai ou educador deseja estimular a violência, agressividade, fúria e vingança em um adolescente em plena formação? Temos uma infinidade de jogos criativos que podem promover o desenvolvimento dos jovens sem que tenham de ferir os preceitos de moral e bons costumes das famílias e da sociedade. Devemos questionar qual é o desenvolvimento moral, ético, humano, social e educativo das empresas desenvolvedoras de jogos comerciais".

Exageros, até mesmo para outros passatempos, como estar com os amigos ou brincar na rua, podem comprometer o desenvolvimento da criança ou jovem. "Não existe diferença entre jogar bola por dez horas e ficar nas redes sociais outras dez horas. O tempo relacionado ao lazer deve estar dentro do estipulado pelos pais, devendo haver uma diversidade de atividades. Mas, a minha dica para essas férias é: não use o computador e a internet, vá passear com os amigos e família, assistir a um filme no cinema, jogar bola, brincar de boneca, soltar pipa, correr, nadar. Sempre sem exageros e com respeito ao próximo", recomenda Albino.

Texto: Cristiane Bonin
Fotos: Fábio Mendes
Edição de texto: Angela Rodrigues
Última atualização: 15/01/2013
registrado em: