Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Cursinho pré-vestibular noturno recebe inscrições até quarta-feira, 30

Cursinho pré-vestibular noturno recebe inscrições até quarta-feira, 30

Cursinho pré-vestibular noturno recebe inscrições até quarta-feira, 30

O A+ Curso de Revisão de Conteúdos e Aprofundamento do Colégio Piracicabano está com as inscrições abertas até esta quarta-feira, 30, para a turma do período noturno. O início das aulas está previsto para o próximo dia 12. O cursinho preparatório para vestibular do colégio está aberto tanto para alunos do Piracicabano quanto para o público externo: estudantes concluintes ou que ainda estejam cursando o terceiro ano do ensino médio.

As aulas da turma noturna de 2014 acontecerão de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h35, até novembro. O curso é apostilado pelo Sistema Uno de Ensino e o foco são as disciplinas de matemática, química, física, geografia, história, biologia, gramática, redação e literatura.

"O objetivo é fazer a revisão do conteúdo visto pelo ensino médio com o atributo do aprofundamento. A ideia é auxiliar no momento do vestibular", conta o professor da área de exatas do Piracicabano, Erasmo Alves dos Santos.

A oferta do cursinho é uma forma de oportunizar todo reforço acadêmico para a etapa da graduação. A turma noturna do cursinho A+ é a segunda a ser oferecida neste ano pelo colégio. Uma primeira classe está com as aulas em andamento no período vespertino.

O projeto Ensino Médio: Informação e Ação é outro braço do Piracicabano em prol ao bom desempenho dos seus estudantes nos vestibulares - voltado aos alunos do colégio, a proposta da iniciativa é promover encontros para debates, tirar dúvidas dos estudantes e orientar sobre carreiras e profissões.

OPINIÃO

O aluno do cursinho A+, Heitor Araújo Cintra Inácio, 16, está no terceiro ano do ensino médio no Piracicabano e está aproveitando as revisões para relembrar as matérias dos anos anteriores. "Fazer um cursinho é ter vantagem sobre os demais na hora do vestibular. Estou gostando muito das aulas, com um ritmo nem tão rápido e nem tão devagar", conta o estudante que pretende prestar engenharia agronômica na Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz).


Texto: Cristiane Bonin
Fotos: Fábio Mendes
Edição/coordenação: Celiana Perina
Última atualização: 28/04/2014

 

registrado em: