Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos participam de encontros de celebração da Páscoa

Alunos participam de encontros de celebração da Páscoa

Alunos participam de encontros de celebração da Páscoa

As datas para a celebração da Páscoa já estão agendadas no Colégio Piracicabano. Os encontros de celebração a serem promovidos nesse ano têm como tema: “Páscoa: A vida que se renova em Jesus”. As atividades são organizadas pela equipe da Pastoral e ocorrem em datas e horários distintos, de acordo com a etapa de ensino dos estudantes (veja a programação abaixo)Docentes e auxiliares das respectivas turmas e séries de ensino também participam dos encontros.

A pastora Márcia Célia Pereira, coordenadora da Pastoral Escolar e Universitária do IEP, conta que a palavra Páscoa vem do hebraico “pesah” que traduzida para o grego será páscoa, que significa passagem. Segundo ela, a Páscoa, como é contada por meio do Primeiro ou Antigo Testamento tinha a finalidade de celebrar a passagem do Senhor Deus, que libertou o povo de Israel da escravidão do Egito. “No seu aspecto histórico a Páscoa no Antigo Testamento é a festa que traz a memória a passagem de Deus no Egito para a libertação do povo. E essa história foi sendo contada de pais para filhos, para que não se perdessem a memória”, afirma ela.

Além disso, a pastora Márcia destaca que há dois aspectos históricos importantes a lembrar sobre a Páscoa: “no aspecto agrícola, anteriormente era a celebração do início da primavera, no primeiro mês da colheita da cevada, e que Israel adaptou, para a celebração da Páscoa, onde faziam pães sem fermento, conforme está em Deuteronômio 16,3. No aspecto pastoril, era o sacrifício de um cordeiro cujo sangue era colocado na entrada das tendas dos pastores nômades para a proteção dos rebanhos. Israel também usou este rito para lembrar o dia em que, no Egito, precisou passar o sangue do cordeiro em suas portas para protegê-los da passagem do Senhor”, destaca a pastora.

A reverenda Márcia aponta, também, que a Páscoa no Segundo ou Novo Testamento é a passagem da morte para a vida, é a Ressurreição de Jesus de Nazaré. “É a vitória de Deus sobre tudo o que fere e mata a vida. Jesus faz a sua passagem da morte para a vida plena. A partir da Ressurreição de Jesus, temos o convite de Deus para participar da vida eterna. Como a prisão de Jesus e sua posterior morte, ocorreram na época da celebração da Páscoa dos Judeus, a sua Ressurreição toma agora o significado de libertação da morte para a vida eterna”, afirma a coordenadora da Pastoral.

PROGRAMAÇÃO - 
Acompanhe a programação dos encontros: 

Dia 15 de abril (segunda-feira) – às 13h45, participam da celebração os estudantes da educação infantil: nível 5A e nível 5B; e a partir das 15h15, os alunos do nível 3 e do nível 4. Os encontros ocorrem na Capela e os estudantes serão acompanhados pela professora Dulcinéia Ribeiro Guevara e pela equipe da Pastoral.

Dia 16 de abril (terça-feira) – nessa data, a partir das 7h45, participam das celebrações os estudantes do fundamental 1 (4º e 5º) e do fundamental 2 (6º e 7º), acompanhados pela professora Aline Alves Simioni. O encontro ocorre no Salão Nobre.

Dia 17 de abril (quarta-feira) – participam do evento os estudantes do ensino fundamental 1 (1º a 5º), acompanhados das professoras Aline e Neia e equipe da Pastoral. A atividade ocorre a partir das 13h10, no Salão Nobre.

Dia 18 de abril (quinta-feira) – nessa data, participam da celebração os estudantes do fundamental 2 (8ª e 9ª) e do ensino médio (1ª, 2ª e 3ª), acompanhados pelo professor Everton Rondineli de Souza e equipe da Pastoral. O encontro ocorre às 7h, no Salão Nobre.

 

Texto: Assessoria de Comunicação e Marketing
Fotos: acervo Pastoral
Última atualização: 09/04/2019