Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos participam de aulas e oficinas de coreano no Colégio Piracicabano

Alunos participam de aulas e oficinas de coreano no Colégio Piracicabano

Desde 2014, portanto, há cinco anos, o Colégio Piracicabano oferece aulas de coreano aos estudantes acima de oito anos. Nesse ano, os alunos do 6º e 7º ano do ensino fundamental 2 passaram a contar com as aulas do idioma na grade curricular e, além disso, todos os alunos que se interessam pelo aprendizado do idioma também podem participar das oficinas de coreano oferecidas em turno distinto das aulas. As oficinas ocorrem todas às segundas-feiras, no período da tarde, com turmas separadas de acordo com a etapa de aprendizado: básico 1 e 2 e intermediário 1 e 2. Os alunos interessados em participar das oficinas de coreano podem se inscrever na Secretaria do Colégio Piracicabano.

“O objetivo é divulgar a cultura coreana para os alunos e oferecer aulas que vão complementar essa cultura, já que músicas, comidas e empresas coreanas estão muito presentes no Brasil”, afirma Adriana Bo Ram Gong, tradutora e professora de língua coreana, que atua no Colégio por meio do convênio entre a escola e o Centro Educacional da República da Coreia do Sul. 

Por meio das atividades, os estudantes aprendem a história da língua e do alfabeto coreano, já que é o único alfabeto que é datado e tem um criador. São ensinadas as vogais e consoantes, junção de silabas para formação de palavras, que auxiliarão os estudantes na criação do vocabulário. Nas aulas, Adriana transmite aos alunos as diferenças e as tradições da cultura coreana, para que eles se familiarizem com os temas que estão aprendendo. “Com as oficinas, quero que eles aprendam a aceitar coisas novas e novos desafios”, destaca a professora.

Vivência - Sobre as aulas, a aluna do 8º ano do ensino fundamental 2, Yasmin Moraes Camillo Graça, que participa das oficinas há dois anos, conta: “Gosto da cultura coreana, quero aprender mais e me tornar fluente na língua”. Já Nicole Oliveira Sturion, aluna do 9º do ensino fundamental 2 e que frequenta as oficinas há três anos destaca: “o que mais gosto nas aulas é o jeito da professora. Ela faz os alunos rirem e ensina ao mesmo tempo, é muito bom, já aprendi muito. Consigo escrever, ler e aprendi conversação, já consigo me comunicar”.