Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos expõem no Salãozinho de Humor de Piracicaba

Alunos expõem no Salãozinho de Humor de Piracicaba

Alunos expõem no Salãozinho de Humor de Piracicaba

Sete trabalhos desenvolvidos na disciplina de artes do Colégio Piracicabano foram selecionados para integrar uma das seções do consagrado Salão Internacional do Humor, instalado no Engenho Central. Em exposição até 20 de outubro, o Salãozinho de Humor de Piracicaba tem como objetivo recepcionar trabalhos de estudantes de diversas escolas, desenhos que passam por uma comissão técnica de seleção e premiação para avaliação de qualidade, linguagem e técnicas utilizadas.

O grupo expositor do Piracicabano é formado por alunos dos 4ºs anos do ensino fundamental. O professor de artes, Flávio Camargo, informa que os trabalhos são histórias em quadrinhos, utilizando técnicas com o lápis grafite e de cor.

"Eles criaram quadrinhos que narram cenas da história, do esporte, de práticas ecológicas e da imaginação. São alunos na faixa etária dos nove anos com uma curiosidade narrativa em desenvolvimento e que se expressam bem por meio do desenho", conta o professor.

Tiveram os desenhos selecionados: Ana Júlia F. Cosentino de Camargo - 4º ano A; Caio Henrique Gomes da Costa - 4º ano B; Danilo Correa Barbosa - 4º ano A;  Déborah Gris da Silva Pereira - 4º ano A;  Fabiana Oliveira Santos - 4º ano A; Gabriel Oliveira Martins - 4º ano e Luiza Lino Monforte Miranda - 4º ano A.

OPINIÃO

Caio Henrique Gomes da Costa, 9, é o autor da história em quadrinhos que critica a exportação do Pau Brasil para Portugal, na época da colonização. "Isso não era legal", comenta o pequeno cartunista.

A coordenadora da educação infantil e ensino fundamental 1, Fátima Suzegan Rosa, salienta que a participação dos alunos, aliada ao incentivo do Piracicabano, faz com que os pequenos artistas acreditem na qualidade da sua produção. "Os trabalhos passam pelas mãos de especialistas e seguem para um evento internacional e tradicional", avalia Fátima.

O professor Camargo também destaca o aspecto positivo da ação. "A participação na exposição afirma a inserção do aluno na coletividade, incentiva o protagonismo, a valoração pessoal e a habilidade na linguagem do humor apreciada por muitos", diz ele. Camargo.

A exposição pode ser vista de terça a sexta-feira, das 14h às 18h, e, aos finais de semana, das 10h às 20h.


Texto: Cristiane Bonin
Fotos: banco de imagens e divulgação
Edição de texto/coordenação: Celiana Perina
Última atualização:15/10/2013

registrado em: