Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Alunos apresentam trabalhos do projeto Feudalismo

Alunos apresentam trabalhos do projeto Feudalismo

Alunos apresentam trabalhos do projeto Feudalismo

Maquetes de feudos, poemas autorais inspirados na literatura medieval e vestimentas típicas da Idade Média foram apresentados por alunos dos 7ºs anos do ensino fundamental 2, do Colégio Piracicabano, no último dia 28, na conclusão do projeto Feudalismo. A professora Thais Gonsales, assessora da área de ciências humanas do Colégio, conta que essas atividades têm como objetivo propiciar aos alunos aproximação maior com o contexto histórico do conteúdo desenvolvido ao longo do primeiro trimestre. “Como muitas das características da sociedade medieval eram bastante diversas de nosso cotidiano, esse tipo de atividade favorece o questionamento e a pesquisa de detalhes que possivelmente passariam despercebidos em aulas somente expositivas”, afirma. 

Thaís conta que o projeto é desenvolvido com sucesso. “Realizamos um evento em que os alunos apresentam aos familiares o material produzido. O principal desafio dos expositores é expor aos colegas o contexto e o significado de cada detalhe disposto nas maquetes, o que faz com que eles se dediquem bastante ao estudo do conteúdo”, destaca. Ela acrescenta que a elaboração das maquetes e dos poemas levou cerca de dois meses, entre a entrega do roteiro de orientações e a exposição final.

Além disso, a atividade envolve a interdisciplinaridade, já que o conhecimento histórico adquirido é manifestado por meio da produção de poemas, em que o ‘eu lírico’ é expresso com personagens da sociedade feudal. “Esse trabalho colabora para o desenvolvimento da habilidade da escrita do gênero. A proposta do recital é desenvolver também a habilidade oral e proporcionar aos alunos momento de fruição poética”, relata Thiago José Boet Bonfim, professor de língua portuguesa do ensino fundamental 2.

Além dos professores Thaís e Thiago Bonfim, o projeto Feudalismo foi organizado também pelo professor de artes do ensino fundamental 2, Guilherme Sertório Teixeira.

Experiência 

Os alunos Murilo Lopes, Gabriel Villela e João Pedro Pereira, do 7º A, mostravam orgulhosos sua maquete para os colegas do 5º ano, durante a exposição dos trabalhos, realizada no dia 28. “Tivemos que lidar com alguns imprevistos: algumas peças descolaram, outras ficaram maiores do que esperávamos, mas gostamos do resultado final da maquete”, conta Murilo. Gabriel e João Pedro disseram ainda que a execução do trabalho foi complexa, mas valeu a pena, especialmente por poderem usar materiais recicláveis na confecção da maquete. 

Enquanto parte dos alunos dos 7ºs anos apresentavam seus poemas à plateia repleta de familiares, no auditório do edifício Rosalie Brown, na sala onde os alunos do 7º B apresentavam suas maquetes, as estudantes Manoela Zanin, Maria Luísa Pontes e Camili Diehl contaram que a execução de seu projeto levou mais de um mês. “O mais difícil foi fazer o castelo e a igreja”, salienta Manoela. Todas foram unânimes em dizer que foi muito mais fácil e prazeroso aprender com esta atividade multidisciplinar. 

As maquetes ficarão expostas no Centro Cultural Martha Watts em todo o mês de abril.

 


Texto:
Assessoria de Comunicação Unimep
Edição: Angela Rodrigues
Fotos: acervo
Última atualização: 20/04/2017