Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Água é tema de destaque das aulas em março

Água é tema de destaque das aulas em março

Água é tema de destaque das aulas em março

Celebrado nessa quarta-feira, 22 de março, o Dia Mundial da Água se transforma em tema de destaque nas salas de aula do Colégio Piracicabano ao longo do mês. Professor de environment and human development dos alunos dos 4ºs, 5ºs e 6ºs anos, o biólogo Allan Miranda conta que abordará o ciclo da água. “Será possível demonstrar para os alunos a complexidade e a sensibilidade que a natureza possui em suas ações. Acredito que, em breve, faremos a construção de um terrário como forma de visualizar a água em seu ciclo em uma escala reduzida”, afirma.

Para os estudantes da educação infantil (níveis 4 e 5) e dos 1ºs, 2ºs e 3ºs anos do fundamental 1, a professora Ana Cláudia Alves promove ao longo do ano atividades que os levam a pensar onde está a água e o que fazemos com ela. “Com a educação infantil o enfoque é sobre como a água é tão importante para todos, animais e plantas que vivem neste planeta; além disso, há dicas para economizar água no momento de banheiro, com a lavagem das mãos, banhos, etc. São conversas dirigidas (com figuras e vídeos), pois utilizo a língua inglesa”, afirma. Já com o fundamental 1, Ana Cláudia destaca a “água presente nas coisas” (água invisível) com vídeos. “Logo instalaremos experimento para checar o ciclo da água. Também, levanto a hipótese da falta de água em nossas casas, clubes e escola com os 3ºs anos. É muito interessante o resultado”, afirma.

Mestres dão dicas para economizar água: 

Professor Allan – “Além de todas as dicas comuns como: evitar vazamentos, desperdícios comuns na cozinha, lavanderia e banheiro, também é importante atentar para a "água invisível", que está presente em produtos que consumimos e descartamos. Por exemplo, ao jogar restos de comida, como arroz, feijão, verduras e algum tipo de carne (totalizando cerca de 300g, quantia comumente descartada por uma família após um dia de refeições normais), é bem provável que o desperdício atinja ao menos 300 litros de água, pois apenas para produzir um quilo de carne bovina, são necessários cerca de 15 mil litros de água (produção de pasto, consumo animal e outros). Acredito que não desperdiçar comida é uma excelente maneira de evitarmos a perda de água”.

Professora Ana Cláudia – “Primeiramente, quero ser clara quanto ao consumo/uso da água em todas as instâncias (doméstico e industrial). Quando falamos em redução no consumo da água, não podemos fechar os olhos para a água usada pela indústria. O consumo doméstico é pequeno se comparado ao da indústria. Para refletir: para se produzir uma calça jeans usa-se 10.855 litros de água. Então, minha principal dica para reduzir o consumo doméstico da água é reduzir, em primeiro lugar, o consumo de produtos; não jogar alimento fora e reduzir a compra de produtos só por conta da mudança na moda, por exemplo. Não precisamos de 10 calças jeans ao mesmo tempo: somos bípedes! O reaproveitamento de produtos (customização de roupas usadas, por exemplo) está na moda! Além disso, o uso consciente da água que temos nas torneiras dos ambientes em que vivemos ainda vale ouro! Seu tratamento é muito caro financeiramente e ambientalmente, sem falar que usamos água limpa para ‘empurrar’ nossos dejetos. Podemos reutilizar águas de lavagens (roupas e banho) e das chuvas nos reservatórios dos banheiros, por exemplo”.

 

Texto: Assessoria de Comunicação Unimep
Edição: Celiana Perina
Fotos: acervo
Última atualização: 22/03/2017